A Mão que Afaga (curta/2012)

  Melodrama desconfortável, o curta da baiana Gabriela Amaral Almeida é um retrato angustiante da solidão nos tempos atuais. Faz cada vez mais sentido (re)ver esse curta de 2012 que seria bem cômico, se não fosse trágico. A Mão que Afaga é sobre presença (física), afeto e essência solitária. Gabriela Amaral constrói uma narrativa esvaziada… Leia mais A Mão que Afaga (curta/2012)